CBD – Remédio Natural Incrível para Tratar a Convulsão

A convulsão é uma enfermidade rodeada de preconceitos e incompreendida por muitos; por anos foi vista como doença mental, e em âmbito religioso, julgava ser derivada de algo sobrenatural.

No entanto, com o passar dos tempos, os estudos em cima dessa doença progrediram, os preconceitos causados pela falta de conhecimento e ignorância foram deixados para trás, e assim, as pessoas que sofriam com esse mal, passaram a ter esperança de tratamento.

No artigo de hoje vamos falar sobre o CBD, remédio natural para tratar a convulsão, mas antes, você vai entender melhor o que é a convulsão, suas causas, sintomas e muitos mais!

CBD

Boa leitura!

O que é convulsão?

 A convulsão ocorre quando há uma ação elétrica irregular no cérebro. Normalmente, em situações leves chega a não ser notada, mas quando está em um estágio avançado apresenta sérios sintomas.

A manifestação dessa condição vai depender em qual região do cérebro acontece à irregularidade e também do tipo de convulsão.

Quais são as variações de convulsões?

1. Mioclônicas: caracterizada pelos movimentos involuntários na parte superior do corpo ou dos membros.

2. Atônicas: a pessoa chega a desmaiar ou cair, pois, esse modelo de convulsão causa perda de controle muscular.

3. Tônicas: tem incidência maior durante o sono e é identificada por contração súbita dos músculos.

4. Tônico-clônicas: mistura os sintomas da convulsão tônica e clônica.

5. Clônicas: causam movimentos involuntários nos dois lados do corpo.

6. De ausência: é um tipo de convulsão comum em crianças, nessa condição, a pessoa fica inconsciente por um tempo, sem atividade motora, queda ou até mesmo desmaio.

Geralmente, uma pessoa quando está tendo uma crise convulsiva produz movimentos involuntários, além de:

  • perda de consciência;
  • confusão;
  • babar ou espumar pela boca;
  • cerrar os dentes;
  • desvio dos olhos;
  • morder a língua;
  • fazer ruídos estranhos;
  • mudança de humor repentina;
  • espasmos musculares;
  • entre outros.

 Quando esse quadro se torna rotineiro sem nenhuma causa aparente, o diagnóstico pode ser de epilepsia ou transtorno convulsivo.

Algumas pessoas não sabem a diferença entre convulsão e epilepsia, no entanto, a convulsão é só um sintoma de epilepsia.

Quais são as principais causas de convulsão?

Os motivos que levam uma pessoa a convulsionar ou ter quadros convulsivos com frequência são distintos, sendo os mais comuns:

  • meningite e outras infecções no cérebro;
  • defeitos cerebrais congênitos;
  • desidratação séria;
  • eclâmpsia;
  • febre alta;
  • hipoglicemia;
  • tumores na cabeça;
  • traumas na cabeça;
  • choque elétrico;
  • lesões que ocorrem, ainda quando bebê, na região da cabeça;
  • dependência química;
  • asfixia;
  • AVC;
  • hipoxemia perinatal;
  • tétano;
  • epilepsia;
  • entre outras.

Como vimos, são muitas as causas que levam uma pessoa a um quadro convulsivo, isso torna quase impossível uma prevenção.

Ver alguém convulsionando pode ser desesperador, e em muitos casos, nos deixa em situação de impotência, sem saber ou que fazer, ou conseguir fazer algo.

Todavia, o primeiro passo é manter a calma, em seguida, você pode realizar os procedimentos a seguir.

  • Mantenha a pessoa deitada de lado, para evitar que ela se engasgue com saliva, espuma ou vômito.
  • Afrouxe-lhe as roupas, sapatos, cintos e gravatas.
  • Afaste os objetos que possam machucá-los.
  • Mantenha o seu queixo erguido para desobstruir a passagem de ar.

Existe um credo popular em que se acredita que pessoa pode embolar a língua, engasgar-se ou asfixia-se e morrer, no entanto, é apenas um mito.

Sobre nenhuma hipótese introduza algum objeto, ou até mesmo a mão dentro da boca de uma pessoa nessa situação. A língua pode embolar, mas o mínimo que vai acontecer é ela morder a língua.

A seguir, veja qual é a melhor forma de tratar a convulsão naturalmente.

Como tratar a convulsão com o remédio natural CBD?

O CBD, sigla de abreviação do canabidiol, é um óleo extraído da cannabis sativa, popularmente conhecida como maconha.

A maconha medicinal recebe esse nome quando suas folhas inteiras ou compostos químicos extraídos delas são utilizados para fins médicos.

As substâncias contidas na cannabis recebem o nome de canabinoides, que agem nas células nervosas do cérebro. O canabidiol (CBD) é um dos canabinoides mais utilizado na medicina, e não causa o efeito psicoativo.

Evidências e resultados de pesquisas e estudos realizados ao longo do ano constataram a eficácia do CBD para tratar convulsões.

Os resultados foram satisfatórios para tratar convulsões em crianças e também convulsões causadas por epilepsia rara, que não respondeu ao tratamento convencional com medicação.

O canabidiol pode de reduzir as crises intensas do transtorno convulsivo em até 39%, em alguns casos, chegando a diminuir em até a metade a quantidade de convulsões.

A variedade de cannabis utilizada para extrair o óleo de CBD é o cânhamo. Essa categoria possui maiores níveis de canabidiol, e níveis baixos de THC (substância responsável pelos efeitos psicoativos).

 O que torna o CBD derivado do cânhamo uma substância legal, não sendo necessário o controle pela lei de Substâncias Controladas, desde 2018, nos Estados Unidos.

Atualmente, ainda existem pesquisas sendo realizadas para analisar o uso de CBD no tratamento da epilepsia e de outras doenças.

Óleo CBD para tratar convulsões em cães

Além da eficácia na redução de crises convulsivas em crianças e adultos, o CBD trata esse problema em cães também.

Assim como os humanos, os cães também podem ser afetados por essa condição, e chega a ser bastante comum.

As causas das convulsões em cães podem ser:

  • doença renal ou câncer;
  • produtos para pulgas e carrapatos;
  • vacinas;
  • herbicidas e pesticidas;
  • ferimentos ou lesões na cabeça;
  • epilepsia.

O óleo de CBD é usado para tratar cães nessas condições de forma natural.

A maneira exata como o CBD reduz as crises de convulsão e até impedem que elas aconteçam ainda não foi definida.

No entanto, tudo leva a crer que ele afeta os receptores que acalmas os neurônios que impulsionam durante uma convulsão.

Onde comprar CBD para tratar convulsões?

As pessoas e animais que sofrem com crises convulsivas têm sua qualidade de vida afetada.

Coisas simples do dia a dia podem se tornar impossíveis, como, por exemplo, trabalhar.

Se essa é a sua realidade, ou conhece alguém que passa por isso, saiba que já é possível mudar essa realidade.

Para isso, basta entrar em nosso site e adquirir já o seu produto CBD e começar a usufruir dos seus benefícios.

×