Progesterona natural: como ingerir?

A progesterona é um dos hormônios mais conhecidos entre as mulheres, e considerado um dos mais importantes, mas você entende qual a sua função e relevância para todo o seu corpo? E outro questionamento, você sabe o que pode acontecer se o seu nível de progesterona estiver baixo? Pensando nisso, hoje iremos conhecer a função e relevância da progesterona natural no corpo.

Mesmo sem conhecer as causas de um possível nível baixo em relação à produção do hormônio progesterona no seu corpo, você já deve imaginar que isso não é um bom sinal para o seu organismo. Algumas empresas desenvolveram um medicamento que consegue repor a progesterona de maneira natural nos corpos em que a produção desse hormônio é baixa.

A nossa primeira recomendação é que você mantenha uma certa frequência em relação aos seus exames médicos, pois este é o único caminho de descobrir o que realmente está precisando de uma atenção redobrada. Além disso, é sempre bom priorizar a sua saúde.

Dito isso, tente sempre ter a sua saúde controlada através de diagnósticos corretas e realizados por profissionais da área, juntamente com pessoas devidamente capacitados para isso.

Agora, vamos conferir quais são os benefícios da ingestão da progesterona natural e quais os riscos de uma baixa produção deste hormônio.

progesterona_natural

Quem deve tomar a progesterona natural (via oral)?

A progesterona natural pode ser ingerida ou utilizada via vaginal, e por isso separamos o uso por sua forma de ingestão.

A progesterona é indicada para pessoas que possuem distúrbio em relação a ovulação, quando essa deficiência está ligada a uma baixa produção do hormônio de progesterona no corpo. Nesse mesmo sentido, algumas mulheres possuem dor e forte nas alterações no período menstrual, bem como alterações que são benignas na mama, e para elas também é recomendado o uso.

Essa ingestão da progesterona natural também é recomendada para as pessoas que possuem e apresentam insuficiência lútea.

Por fim, as mulheres que apresentam uma certa deficiência quanto à produção de progesterona, seja na menopausa ou na reposição hormonal dessa fase de menopausa, também síndica o uso da progesterona natural como um complemento em relação ao estrogênio.

E quem deve colocar via vaginal essa progesterona natural?

O primeiro grupo acima foi destinado a pessoas que utilizam a progesterona natural de maneira oral, então agora decidimos colocar separadamente as mulheres que devem usar o canal vaginal para o uso desse hormônio.

Algumas mulheres apresentam uma insuficiência ovariana, e a progesterona natural age como um suporte de progesterona durante essa fase, afinal são muitas as mulheres que passam por uma diminuição de função ovariana, ou seja, doação de oócitos.

Durante a fase lútea, em algumas mulheres, o ciclo de fertilização in vitro ou a injeção intracitoplasmática de espermatozoide costuma reduzir a produção de progesterona, então nesses casos a via vaginal é o melhor caminho para o uso da progesterona natural.

A progesterona natural também pode ser inserida em um cenário em que seja necessária uma suplementação durante os ciclos induzidos, ou em casos de infertilidade primária devido a anovulação.

Temos também uma situação em que um aborto precoce é ameaçado pelo corpo da mulher, e a progesterona natural pode ser inserida nesse contexto de forma a prevenir o aborto.

Em qualquer uma das indicações quanto ao canal vaginal, a substituição pela via oral pode ser feita, nos casos em que a progesterona causa ou sonolência ou sensação de vertigem, e a recíproca é verdadeira.

Perceba que existem muitas hipóteses quanto ao uso indicação da progesterona natural, e por isso reforçamos a necessidade de estar em dias quanto à sua saúde e exames ginecológicos, bem como qualquer outro tipo de diagnóstico.

Existem contraindicações quanto ao uso de progesterona?

Assim como todo o remédio, ou medicação em geral, uso de progesterona natural possui alguns certos tipos de contra indicação quanto ao seu uso, e é importante estar atento a esse detalhe.

Claro que o seu médico ou profissional que esteja acompanhando o seu caso vai te alertar sobre isso, mas cheque alguns pontos importantes.

As pessoas que estão passando por uma situação de câncer de mama ou até mesmo dos seus órgãos genitais, se encontram no grupo de contra indicação do uso da progesterona natural. Assim como as mulheres que possuem um sangramento genital que ainda não tem um diagnóstico para comprovar.

Os pacientes que apresentam doenças no fígado, bem como o câncer nesse órgão também estão dentro de um perfil em que não se indica o uso desse hormônio.

Para completar esse perfil, precisamos lembrar dos pacientes que apresentam alergia há algum componente presente na fórmula, bem como as mulheres que passaram por um aborto incompleto.

Caso você não saiba da existência de algum desses exemplos que citamos, você deve procurar um atendimento médico para verificar a presença ou ausência de algum deles.

Quais as possíveis reações após o uso?

Como falamos acima, a progesterona natural é um medicamento comum no que se refere a reações naturais de qualquer outro remédio, e as reações devem ser percebidas pelos usuários.

Cada corpo apresenta uma reação diferente em relação ao outro, pois cada um de nós tem um sistema único em relação a maioria. Contudo, podemos entender que algumas reações podem ser comuns e outras incomuns em relação aos usuários.

As razões comuns, ou seja, aquelas que atingem uma quantidade superior a 10% dos usuários, se concentram nos sintomas relacionados a fadiga, dor de cabeça, alterações no peso corporal e até mesmo um período menstrual desregulado.

A função da progesterona natural não é causar sonolência, porém alguns usuários relataram que ficam com sensação de sono após uma ou três horas de ingerir esse medicamento.

Caso você apresente esses sintomas, procure seu médico de confiança, relate o que aconteceu e então reduza a dose ou até adapte para que o seu dia a dia se torne mais tranquilo, e você consiga ingerir necessário para sua saúde.

Inclusive, se algum sintoma diverso do que citamos agora for presenciado, relate também para o profissional de saúde, pois toda informação é válida.

×