Suplemento de colágeno

Você já notou que atualmente suplementos de colágeno tem ocupado um espaço maior nas prateleiras das lojas? Ou tenha ouvido que o colágeno está por trás da tendência atual do caldo de osso? Há benefícios inegáveis em tomar colágeno, mas isso não significa que você deve comprar o primeiro ou mais barato que vê e esperar obter resultados. Se você está pensando tomar suplemento de colágeno, nós vamos dizer tudo o que você precisa saber.

O colágeno possui a tarefa de dar força e elasticidade, sua função é essencialmente manter o corpo unido. Trata-se da proteína mais prevalente em seu corpo, sendo que compõe os tecidos conjuntivos da pele, músculos, ligamentos e tendões.

Primeiro, é útil saber que nem todos os colágenos são iguais. De fato, existem mais de 12 tipos diferentes, cada um composto de diferentes aminoácidos ou peptídeos. Muitos dos colágenos para venda contêm uma forma hidrolisada de colágeno tipo 1, extraída das escamas de peixes ou ossos ou couros de animais. Essas opções podem ser adicionadas a qualquer coisa, desde sopa ou café quente a uma vitamina gelada, e também oferecem um generoso aumento de proteína.

Para adquirir suplementos de colágeno, clique aqui.

É importante entender que o colágeno não fará milagres para você. Acredita-se que ele pode ajudar com uma vasta gama de condições, mas nem todas essas informações tem comprovação científica. Muitas das evidências concretas que temos estão relacionadas à sua eficácia na melhoria da saúde das articulações. Um estudo observou que quatro em cada cinco pessoas com osteoartrite apresentam uma redução média na dor que sentem  de 26%. Aponta-se também para redução da inflamação.

Existem evidências de que um aminoácido no colágeno conhecido como glicina pode diminuir a inflamação gastrointestinal e ajudar na digestão, mas esses achados envolveram aminoácidos específicos em laboratório, em vez de suplementos de colágeno.

Para conhecer sobre o colágeno tipo 2, clique aqui.

Com relação à beleza, contudo, não espere milagres. Os peptídeos de colágeno têm sido associados a uma pele mais saudável e a uma redução de rugas, e também há evidências de que o pó de colágeno pode beneficiar seus cabelos e unhas. No entanto, é pouco provável que você resista às mudanças de pH no intestino durante tempo suficiente para afetar o cabelo e a pele.

Qual colágeno você deve tomar?

Essa é uma pergunta importante, pois escolher o suplemento de colágeno certo é essencial. Primeiramente, você pode ter encontrado opções com sabor em sua pesquisa, elas não são recomendadas porque geralmente contêm açúcares adicionados, levando a calorias adicionais ou distúrbios gastrointestinais. Se você está preocupado com o sabor, obtenha a versão simples de colágeno e adicione-a a alimentos naturalmente doces. 

Se você conseguir fazer uma dieta rica em colágeno, você talvez nem precise de suplementação alimentar. Seu corpo usa aminoácidos de alimentos ricos em proteínas, como ovos, feijão, peixe, frango e carne para produzir colágeno, e você também precisará de vitamina C de frutas cítricas ou tomates para ajudar no processo. O zinco e o cobre também são necessários para o processo; portanto, recorra a nozes, feijões e mariscos para obter seu preenchimento.

Algo que se tornou comum é a ingestão de caldo de osso para poder aumentar a quantidade de colágeno no corpo, mas não deixe de procurar opções orgânicas de fontes confiáveis, pois os testes mostraram que as variedades não orgânicas podem conter pesticidas, repelentes de insetos, produtos farmacêuticos e antibióticos. Se você pode fazer seu próprio caldo de osso com ingredientes orgânicos, essa deve ser sua primeira escolha.

Para ter acesso a produtos naturais que vão manter seu corpo saudável e jovem, visite a loja Quero Tudo Natural.

×